:: Home arrow Observatório da Ciência arrow Bambed - Manuel Joao Costa
 
Bambed - Manuel Joao Costa
Aprendendo com o que ensinamos em Bioquímica e Biologia Molecular
Manuel Joao Costa, Universidade do Minho de Portugal

Todos nos recordamos de lições e de professores excepcionais que influenciaram nossas opções científicas e profissionais. Todos teríamos talvez muito a aprender com as suas ideias e abordagens.
Todos, professores e alunos, poderíamos então ter em nossas aulas melhores métodos e melhores resultados. Para isso, seria necessário que as melhores experiências de ensino fossem documentadas e estudadas com rigor, à semelhança do que sucede com os trabalhos realizados nas ciências da vida,

O número actual da revista Biochemistry and Molecular Biology Education (Bambed) publicado em 29/09/2009 é uma edição especial sobre o Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular na Península Ibérica e na América Latina. Este número contem trabalhos de docentes e investigadores em ciências biomoleculares que apresentam à comunidade internacional algumas inovações em educação.

Os artigos (deste número) versam sobre várias vertentes do ensino de bioquímica e biologia molecular. São por exemplo focados o ensino de temas actuais como a proteómica, a aplicação inovadora de tecnologias de comunicação como os podcasts ou a recriação laboratorial das experiências clássicas de Griffith e de Avery como forma de, revostando a história, permitir aos alunos aprender a fazer ciências como a ciência foi (e é) feita.

A presente edição testemunha a existência de um conjunto de cientistas na América Latina, Espanha e Portugal, interessados na melhoria da qualidade do ensino, com propostas de impacto internacional. A garantia de qualidade dos trabalhos está, como em qualquer outra publicação indexada, no processo de peer-review a que os trabalhos foram submetidos. É assim legítimo assumir que, em nossos países, será possível ser verdadeiramente inovador no desenvolvimento e investigação no ensino de bioquímica e biologia molecular. As sociedades científicas nacionais poderão explorar este potencial dando o devido relevo ao tema nas suas actividades.

As 125 propostas de trabalhos recebidas, alguns dos quais já aceitas, outras recusadas e outras ainda no processo de revisão, revelam a dimensão de uma comunidade invulgar pelo interesse e pela qualidade dos seus trabalhos na área do ensino de bioquímica e biologia molecular em nossos países.

Um segundo número do Bambed Latino perfila-se no horizonte (fecharemos 22 publicações, no total, deste projeto editorial). Numa época em que se aponta para a melhoria do ensino superior como uma das chaves de uma sociedade mais responsável, o ensino de bioquímica e biologia molecular em nossos países possa vir a tornar-se num excelente exemplo. Para benefício de alunos, professores, de todos.
 
© 2018 SBBq - Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular