Bolsa de PD em Processos Redox e Biologia de Sementes

Título do projeto: Sistemas antioxidantes em sementes: Funções de 1-Cys Peroxirredoxinas e ascorbato durante o desenvolvimento embrionário e germinação Quantidade de vagas: 1 Pesquisador principal: Luis Netto Unidade/Instituição: Instituto de Biociências -USP

Data limite para inscrições: 13/06/2019

Localização: Rua do Matão, São Paulo, SP E-mail para inscrições: nettoles@ib.usp.br

RESUMO DO PROJETO: Nosso grupo de pesquisa investiga a ação de peroxidases com atividade baseada em resíduos de Cys, como as peroxirredoxinas (Prxs). Mostramos que ácidos sulfênicos (R-Cys-SOH) em peroxirredoxinas da classe 1-Cys Prx podem ser reduzidos por ascorbato (vitamina C) (Monteiro et al. 2007, Proc. Natl. Acad. Sci USA), o que representou uma quebra no paradigma de que 1-Cys Prx são especificamente reduzidas por tióis (RSH). Esse par ácido sulfênico/ascorbato representa um novo par redox, cuja relevância biológica ainda precisa ser confirmada. Nosso desafio atual é demonstrar que o ascorbato pode competir pela redução de ácido sulfênico com outros sistemas redutores (i.e. Trx ou Grx/GSH). As concentrações desses redutores nos distintos compartimentos celulares é um dos fatores que pode determinar qual sistema vai prevalecer. Plantas apresentam concentrações muito altas de ascorbato (3-30 mM) em vários compartimentos celulares (Zechmann et al. 2011, Zechmann 2014). Por outro lado, 1-Cys Prx de plantas está preferencialmente expressa em tecidos embrionários, principalmente nos núcleos das células de sementes e em alguns casos difundidas no citoplasma (Stacy et al. 1996, 1999). Outros sistemas redutores além de ascorbato, como Tiorredoxina (Trx) e Trx redutase (TrxR) apresentam co-localização com PER1 durante o desenvolvimento da semente, inclusive em núcleos de células de sementes germinantes sob estresse (Pulido et al. 2009). Portanto, a compreensão do significado biológico dos redutores de 1-Cys Prx requer uma análise integrada, envolvendo determinação de parâmetros cinéticos (como kcat e Km); a distribuição dos possíveis redutores durante o ciclo de vida das sementes; além de fenótipos associados a mutantes genéticos. Serão analisados os sistemas antioxidantes de sementes de duas plantas: Arabidopsis thaliana (um organismo modelo) e Araucaria angustifolia (Pinheiro brasileiro), contando com a colaboração de grupos de pesquisa liderados pelas Dra. Marie-Anne Van Sluys e Eny I.S. Floh do Departamento de Botânica –Instituto de Biociências – USP.

PERFIL DO CANDIDATO A vaga é destinada a um jovem cientista com título de doutor em Bioquímica, Química, Biologia ou áreas relacionadas, com experiência em técnicas de biologia molecular, inclusive expressão e purificação de proteínas. Experiência prévia em técnicas relacionadas a manipulações genéticas de plantas, embriogênese e desenvolvimento de sementes é desejável, mas não necessária. O candidato aprovado deve ter obtido o título de doutor há, no máximo, sete anos e possuir no currículo experiência comprovada com trabalhos publicados que demonstre capacitação para atuar no desenvolvimento do projeto. Candidatos devem possuir fluência em inglês e dedicar-se integralmente e exclusivamente às atividades do projeto. A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

INSCRIÇÕES Candidatos interessados devem enviar, até 13/06/2019 os seguintes documentos para o e-mail nettoles@ib.usp.br: a) Uma carta de interesse; b) Curriculum vitae incluindo uma lista de publicações; c) Informações de contato (e-mail, telefone) de dois profissionais que podem fornecer cartas de recomendação. Mais informações sobre as regras da FAPESP que se regulam o funcionamento de Bolsas de Pós-Doutorado estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

POSTDOCTORAL POSITION IN PROTEIN BIOCHEMISTRY, BRAZIL

Applications are invited for postdoctoral research to study the relationship between structure and function of specific molecular chaperones with emphasis in protein-protein and protein-ligand interactions. The goal is to build models to explain the mechanism by which molecular chaperones interact with unfolded substrates and transfer them to specified molecular machines also seeking to identify potential targets for therapeutic intervention. The research group involves three main institutions of the state of São Paulo (Unicamp at Campinas and USP at São Carlos and São Paulo). The successful candidate will have a relevant Post-doc in Biochemistry or correlated areas and will have experience in the techniques involved, including molecular biology, protein purification, molecular biophysics, structural biology and protein-protein interaction. Evidence of practical work experience in structural protein crystallography, NMR, CRyo-EM and/or SAXS would be an advantage. – Period: one to four years, depending on performance. – Expected beginning in September 2019. – Benefits: FAPESP fellowship (monthly stipend of R$ 7.373,10; expenditure on transport; aid installation; and research contingency funds). More information: http://www.fapesp.br/en/5427 – Main obligations: The candidate should have concluded a doctorate less than seven years before the beginning of the PD fellowship; The fellowship demands full time dedication to the research project;

The fellowship holder may not hold any formal or informal employment nor receive, during the term of the fellowship. More information: http://www.fapesp.br/en/5427 -

Applications with letter of interest (with emphasis on the candidate independence, critical thinking and communication skills) , CV and name of three references should be sent to Carlos Ramos (http://www.researcherid.com/rid/C-1571-2012) at ccramos@unicamp.br.

http://www.fapesp.br/oportunidades/chaperoma_estudo_da_relacao_entre_a_estrutura_dos_seus_componentes_e_a_manutencao_da_proteostase/2834/

Faculdade de Ciências Farmacêuticas, USP

  The FAPESP thematic project: Decoding molecular and cellular aspects of Plasmodium as a tool for the development of new antimalarials has opened a Postdoctoral two years of position research. The development of the project will be in collaboration with the laboratory of Functional Genomics and Antimalarial Discovery at the Department of Clinical and Toxicological Analyses, School of Pharmaceutical Sciences, University of São Paulo, São Paulo, Brazil (https://www.topuniversities.com/universities/universidade-de-sao-paulo).

Our primary focus of interest is to elucidate how malaria parasites signal in the various stages of their life cycle in efforts to explore new venues for clinical intervention. To achieve this goal, we combine work on live cell microscopy with state-of-the-art molecular techniques.

For more information see http://www.usp.br/garciamalarialab/. https://bv.fapesp.br/pt/pesquisador/630/celia-regina-da-silva-garcia/.

The candidate should work independently, be motivated and have a Post Doctorate in the last five years in areas related to the project. The ideal candidate should have experience in biochemistry, molecular and cell biology.

The candidates should send a letter of interest, their curriculum summary and two reference letters to Prof. Celia R. S. Garcia ( cgarcia@usp.br)

Lab de Bioq e Imunologia de Artrópodes - IB-USP

Pós-doutorado em Biomateriais no IQUSP

Pós-doutorado em biomateriais no IQUSP com bolsa da FAPESP

O Laboratório de Biomateriais Poliméricos do Instituto de Química da USP (http://www.iq.usp.br/catalani/) dispõe de uma oportunidade de bolsa de pós-doutorado de dois anos para pesquisa junto ao Projeto Temático “Arcabouços sintéticos e naturais aplicados à medicina regenerativa”, financiado pela FAPESP (2018/13492-2).

O sub-projeto de pós-doutorado visa o desenvolvimento de arcabouço 3D a partir de proteína recombinante derivada de elastina para aplicações biomédicas. O objetivo é desenvolver método de produção de proteínas para uso como hidrogéis em impressão 3D e a criação de dispositivos para cultivo de células tronco mesenquimais.

Pós-Doutorado em Fotobioquímica no IQ-USP

A proteção da pele humana contra a exposição ao Sol é uma questão complexa que envolve aspectos ambivalentes da interação da luz com os tecidos. A radiação visível causa desequilíbrio redox e dano celular, embora ainda não seja considerado um carcinógeno classe I, como é o UVA. Um dos problemas que dificulta a caracterização adequada dos efeitos da radiação no visível é a falta de conhecimento molecular que relacione desequilíbrios redox e produtos mutagênicos do DNA. Usaremos modelos celulares para correlacionar a exposição à luz visível com a transformação maligna de queratinócitos. Por outro lado, há evidências crescentes de que a exposição solar de baixa dose tem benefícios, que são apenas parcialmente compreendidos. Em colaboração com a prof. Alicia Kowaltowski, investigaremos se a luz visível afeta o tecido adiposo marrom, que é um importante regulador metabólico. A proteção contra danos causados pelo Sol é imperativa e estratégias para quantificar danos e proteção serão realizadas em ambientes in vitro e in vivo em parceria com empresas de cosméticos. Também acompanharemos o uso benéfico da luz visível no tratamento do pé diabético em um estudo multicêntrico realizado em parceria com vários hospitais.

Antecedentes esperados do candidato: experiência com bioquímica celular, fotobiologia, estatística, microscopia e espectroscopia, alguma experiencia prévia em estudos clínicos ou projetos de pesquisa com empresas será bem vinda.

Seleção: Com base na análise de CV, cartas de recomendação e experiências anteriores no desenvolvimento de projetos de pesquisa com empresas privadas/públicas.

Documentos para candidatura: Carta justificando juros para o projeto, CV, cópia do certificado de doutorado, 2 cartas de recomendação. Enviar proposta para: Prof. Mauricio S. Baptista, no email baptista@iq.usp.br.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Detalhes em: http://fapesp.br/oportunidades/os_lados_bom_ruim_da_luz_visivel/2702/

 

Comments are closed.